Histórico e contextualização do programa

 

O Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (PPGDSCI), vinculado ao Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares (CEAM) da Universidade de Brasília (UnB), nasceu de uma proposta que buscou congregar os mais diversos temas de pesquisas trabalhados pelos Núcleos Temáticos que integravam o CEAM entre 2006 e 2010.


Criado em 1986, pelo então reitor da Universidade de Brasília, Prof. Cristovam Buarque, o CEAM é “fruto da concepção de uma universidade tridimensional “, tendo como missão “a produção, articulação, integração e disseminação de conhecimentos e práticas multidisciplinares para a sociedade brasileira.


Desde sua origem, o CEAM tem abrigado vários e diversos Núcleos Temáticos, de acordo com interesses de grupos de docentes oriundos de diferentes departamentos, institutos e faculdades da UnB e por meio deles desenvolve, sobretudo, atividades de pesquisa e extensão.


Além dos docentes, o CEAM agrega estudantes de graduação, pós-graduação, bem como técnico-administrativos. Conta também com a participação de pesquisadores externos e membros da comunidade, conforme previsto em seu Regimento, o que propicia uma maior aproximação da universidade com a sociedade para pensar e discutir sobre seus problemas concretos.


Desde sua criação, participa também de atividades de ensino, com disciplinas que são ofertadas pelos Núcleos e que podem ser cursadas por todos os estudantes de graduação da UnB.


Com relação ao ensino de pós-graduação, até 2010 o CEAM oferecia apenas cursos lato-sensu propostos pelos Núcleos, atendendo, em muitos casos, a demandas de órgãos governamentais que requeriam abordagens multi e interdisciplinares no ensino de temas diversos.


Mas, desde a elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do CEAM para o período 2002-2006 constituiu-se como meta a ser alcançada a implantação de cursos de pós-graduação stricto-senso. A partir de então, começou-se a discutir a elaboração de proposta para a criação de cursos de mestrado e doutorado acadêmicos no âmbito do CEAM. Com base na percepção por parte de seu corpo de pesquisadores, que havia uma lacuna na Universidade de Brasília sobre o tratamento da questão sobre o “desenvolvimento” nasceu a ideia para estruturação do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional-PGDSCI.

 

Assim, a partir de uma perspectiva multidisciplinar o PPGDSCI contemplou como foco central a problemática sobre o “desenvolvimento” em suas diversas dimensões, incluindo além das questões econômica e ambiental, outras questões como a saúde, a educação, a cultura, as relações de gênero e gerações, além das desigualdades segundo a classe, a cor da pele, a etnia, o status migratório, o local de residência.


Nesse sentido, a criação do PPGDSCI se alinhou à própria história da criação do CEAM na abordagem de problemas/temas/questões a partir de uma perspectiva multi e interdisciplinar, relacionados, direta ou indiretamente, com a questão do desenvolvimento.


Em dezembro de 2010 a proposta de criação dos cursos de Mestrado e Doutorado foi aprovada com o conceito 4 (quatro) e, em agosto de 2011, o PPGDSCI iniciou suas atividades com a seleção da primeira turma.


Assim, com a perspectiva de constituir-se em uma referência para a formação de recursos humanos altamente qualificados, bem como fortalecer o potencial científico-tecnológico nacional, o PPGDSCI tem se aprofundado em pesquisas sobre ações públicas, mecanismos e estratégias de desenvolvimento que levem a uma distribuição mais equitativa dos bens e serviços produzidos socialmente, além de promover a reflexão sobre qualidade de vida e direitos.


É importante ressaltar que um dos pontos focais do PPGDSCI tem sido o desenvolvimento de novas metodologias para o aprimoramento da formulação,
avaliação e monitoramento da política pública.


Como as discussões sobre desenvolvimento ultrapassam as fronteiras nacionais e estão, cada vez mais, presentes na agenda internacional, specialmente, por meio da cooperação internacional, o PPGDSCI se estruturou originalmente em uma única área de concentração: Desenvolvimento, sociedade e cooperação internacional, com duas linhas de pesquisa: 1) Desenvolvimento e políticas públicas e 2) Desenvolvimento e cooperação internacional.


Em 2018, no entanto, a partir do resultado quadrienal de 2017, o PPGDSCI se reestruturou, tendo como eixo central a questão do “Desenvolvimento”, e mantendo a mesma área de concentração “Desenvolvimento, sociedade e cooperação internacional”, mas com três novas linhas de pesquisa: 1) Desenvolvimento, cultura e cooperação; 2) Desenvolvimento, tecnologias e políticas públicas; e 3) Desenvolvimento, sociedade e população.

 

SAIBA MAIS:  Objetivos  |  Coordenação  |  Regulamento

 

 


← Página Inicial